Como usar parte do Imposto de Renda 2022 para fazer o bem?

Se você declara Imposto de Renda, saiba que ainda é possível fazer uma boa ação nestes últimos dias de 2021, destinando parte do IR devido a projetos sociais, culturais e desportivos.

No entanto, se você quiser o abatimento na declaração de 2022, precisa agir rápido. Isso porque parte dessas ações precisam ser feitas ainda este ano.

Imposto de Renda para fazer o bem: saiba mais a respeito

Até o dia 31 de dezembro, pode-se utilizar os seguintes incentivos: Incentivo à Cultura, Incentivo a Atividades Audiovisuais e Incentivo ao Desporto (com limite de doação individual de 3% do imposto retido e conjunto de 6%), ao Programa Nacional de Apoio à Atenção da Saúde da Pessoa com Deficiência (PRONAS/PCD) e ao Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica (PRONON), com limite de dedução de 1%.

Mas atenção: esse procedimento é diferente das doações para o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e para o Estatuto do Idoso. Essas podem ser feitas dentro do prazo de entrega da declaração de IRPF, até 30 de abril de 2022, com o valor individual limitado a 3% e, em conjunto, de 6%. O total que pode ser usado para dedução será de 8% do valor retido.

O contribuinte ainda pode doar diretamente na declaração de IRPF, até abril de 2022, recursos para fundos controlados por conselhos municipais, estaduais e nacionais do Idoso e do ECA. Nesse caso, não é possível exceder 3% do imposto devido. Ou seja, pode-se doar qualquer valor a quaisquer fundos dentro do referido limite de 3%.

(O artigo original foi publicado pelo portal Valor Investe em 28/12/2021)

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin