Atividades físicas para fazer em casa: confira 5 dicas de personal trainer

A ElasBank conversou com a educadora física e personal trainer Meire Pinheiro, que atua na cidade de Santa Maria, Rio Grande do Sul, sobre atividades físicas para fazer em casa. Meire e outras profissionais da saúde criaram um grupo de atendimento online que propõe práticas integrativas à saúde.

Nesse grupo, entre outras orientações, Meire também dá dicas sobre atividades físicas para fazer na sua casa, no seu quintal, ou na área comum do seu condomínio. Continue a leitura e confira 5 sugestões da personal trainer!

1 – Subir e descer degraus

Segundo Meire, podem ser os degraus das escadas do prédio, da porta dos fundos da casa que dá para o quintal, ou até um degrau que você construa de alguma forma.

“Se você não tiver degraus prontos que possa utilizar, improvise-os com caixas, móveis baixos ou, até mesmo, cobertores dobrados. O importante para os músculos é o movimento de subida e descida”.

2 – Sentar e levantar

É isso mesmo! O movimento de sentar e levantar é excelente para fortalecer membros inferiores.

Você pode fazer isso utilizando uma cadeira, o sofá da sala, a cama, um banquinho baixo, enfim, a escolha fica a seu critério. O importante é que o movimento seja feito no modo seriado, ou seja, execute cerca de 15 repetições, dê um pequeno intervalo (de 20 a 30 segundos) e faça mais uma série.

Nesse caso, Meire indica a partir de três séries, as quais você poderá ir aumentando de acordo com sua resistência.

Segundo a personal “o movimento de sentar e levantar imita o agachamento, um exercício completo para pernas. Isso porque ele trabalha tanto a parte muscular quanto o condicionamento cardiorrespiratório. Por isso, é uma excelente atividade física para fazer em casa”.

3 – Corrida estacionária

A corrida sem sair do lugar é uma boa opção principalmente para quem tem pouco espaço em casa e não tem academia com esteira no condomínio. Se a sua casa é um pouco mais espaçosa, faça deslocamentos pequenos (alguns passos para frente e retorno de costas, por exemplo).

Quanto à forma de execução, Meire sugere que as pessoas experimentem variações, como aumentar e reduzir a intensidade, levantar mais ou menos os joelhos, de acordo com o seu condicionamento físico.

4 – Movimento de pular corda

Se você não tiver uma corda, ou não puder utilizá-la por falta de espaço, faça somente o movimento de pular, mexendo os braços como se, de fato, você tivesse uma corda nas mãos.

Segundo Meire, esse também é um exercício muito recomendado para a função cardiorrespiratória e bastante completo, pois trabalha membros inferiores e superiores ao mesmo tempo.

5 – Brincadeira com os filhos e pets

Se prestarmos atenção, quando brincamos com nossos filhos e pets, ficamos em constante movimento. Sentar e levantar, correr atrás deles, colocá-los nas costas, tudo isso demanda energia e fortalece músculos.

E o melhor é que dá para fazer tudo isso dentro de uma sequência organizada, e envolver a família toda na brincadeira!

Meire também falou com a ElasBank sobre como manter a motivação para continuar fazendo exercícios físicos durante a pandemia. Clique no link e confira as dicas da personal trainer!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin