Dia do Idoso: que tal falarmos sobre planejamento financeiro?

No Dia do Idoso, nós gostaríamos de falar um pouco sobre planejamento financeiro familiar.

Quando se fala em educação financeira, normalmente associamos o tema a ensinamentos de pais para filhos. Porém, há muitos pais que já estão idosos e que precisam de auxílio. Isso porque não se prepararam adequadamente para a aposentadoria.

Uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), em julho deste ano, mostrou que 54% dos idosos disseram ter atrasado ou deixado de pagar algum compromisso desde o início de 2021. Além disso, 49% dos pesquisados afirmaram não ter economias, contra 39% que disseram possuir alguma reserva. Entre os que não têm reservas financeiras, a justificativa predominante é de que nunca sobra dinheiro para guardar.

Nesse sentido, o reflexo da falta de planejamento financeiro por pessoas idosas é sentido diretamente pela “geração sandwiche”, formada pelas pessoas normalmente entre 45 e 60 anos de idade. Dessa forma, se você se sente “espremida” entre as demandas financeiras dos seus filhos e as necessidades de seus pais, saiba que você pertence a esse grupo.

Para agravar a situação, a pandemia fez com que as duas pontas pressionassem ainda mais os sandwichers. De um lado, muitos idosos passaram a morar com a família, por problemas de saúde ou financeiros. De outro, filhos que perderam renda acabaram retornando (ou não saindo) da casa dos pais por causa da crise.

Seja qual for a sua situação, é fundamental pensar no planejamento financeiro para a sua família, e isso inclui os idosos. Conte para a ElasBank: o que você tem feito a respeito disso? Deixe seus comentários!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin